COMO ESCREVER UM POST DE BLOG: UMA FÓRMULA SIMPLES

No Comments

Provavelmente você já ouviu falar o quanto um blog é importante para o sucesso de sua estratégia de marketing. Sem ele, seu mecanismo de pesquisa fica estagnado, você não tem nada para promover nas redes sociais, perde a influência sobre clientes e clientes potenciais e fica com menos páginas para inserir as valiosas calls to action que geram inbound leads.

Por que motivo, então, praticamente todo profissional de marketing com quem converso tem uma lista de desculpas esfarrapadas para não conseguir manter um blog? Talvez porque escrever em blogs de negócios seja sacal, a menos que você seja uma das poucas pessoas que realmente goste de escrever. É preciso encontrar as palavras e criar frases com sentido, mas você nem sabe por onde começar!

Meu amigo, acabaram as desculpas. Depois de ler este post, você não vai ter absolutamente nenhum motivo para deixar de escrever no blog todos os dias e com rapidez.

Além de apresentar uma fórmula simples para escrever no blog, também darei a vocêmodelos gratuitos para a criação de cinco tipos diferentes de posts de blog (em inglês):

  • O post Como fazer
  • O post baseado em listas
  • O post de curadoria da coleção
  • O post de apresentação em SlideShare
  • O post de Newsjacking

Com esse passo a passo para escrever blogs, qualquer pessoa que domine um assunto pode criar e manter um blog. E como você é especialista no seu campo de atuação, não existem mais motivos para não escrever excelentes posts todos os dias.

Escrever um post para um blog: Uma fórmula simples

Passo 1 – Conheça seu público.

Antes de começar a escrever, você precisa conhecer bem seu público-alvo. O que ele quer saber? O que vai interessar a ele? É aí que você pode criar suas buyer personas. Ao pensar em um tema para postar no blog, considere o que você sabe sobre suas buyer personas e quais são seus interesses.

Por exemplo, se seus leitores forem da Geração Y que estão prestes a abrir as próprias empresas, provavelmente você não precisará ensinar sobre redes sociais, pois a maioria deles já domina esse assunto. No entanto, você poderá ajudá-los com informações sobre como ajustar sua abordagem nas redes sociais, passando de casual e pessoal para mais corporativa e concentrada em networking. Esse tipo de adequação é o que faz a diferença entre os assuntos genéricos para aquilo que seu público-alvo realmente quer (e precisa) em um blog.

Passo 2 – Comece com um tópico e um título.

Antes de começar a escrever, escolha um tópico para o seu post no blog. O tópico pode ser bastante genérico inicialmente. Por exemplo, se você for encanador, poderá começar escrevendo sobre torneiras que pingam. Depois, você poderá criar alguns títulos diferentes, ou seja, abordagens diferentes para esse tópico que vão ajudá-lo a dar foco ao texto.  Por exemplo, você pode restringir seu tópico a “Ferramentas para consertar torneiras que pingam” ou “Causas comuns para torneiras pingarem”. Um título de trabalho é específico e guiará o seu post para você começar a escrever.

Vamos pegar um post real como exemplo: “Como escolher um tópico consistente para seu próximo post do blog” (em inglês). Apropriado, não é? O tópico, neste caso, é simplesmente “escrever em blog”. O título pode ser: “O processo para selecionar um tema de post do blog”. E o título final: “Como escolher um tópico consistente para seu próximo post do blog”.

Percebe a evolução de tópico, título de trabalho e título final? Mesmo que o título de trabalho acabe não sendo o final (já falo mais sobre isso), ele tem informações suficientes para você concentrar o post do seu blog em um tópico mais específico e surpreendente, em vez de genérico.

Passo 3 – Escreva uma introdução (e torne-a atraente).

Primeiro, atraia a atenção do leitor. Se você perder o leitor nos primeiros parágrafos ou frases da introdução, ele não chegará até o fim do post. Existem diversas formas de fazer isso: conte uma história ou uma piada, demonstre empatia ou atraia o leitor com uma informação ou estatística interessante.

Em seguida, descreva o objetivo do post e explique como ele abordará um problema que o leitor possa ter. Assim ele terá um motivo para continuar lendo e se interessará em saber como o post poderá ajudá-lo a melhorar sua vida ou trabalho.

Passo 4 – Organize o conteúdo.

Às vezes, posts do blog podem ter uma enorme quantidade de informações, tanto para o leitor quanto para o autor. A dica é organizar as informações para os leitores não se intimidarem pelo tamanho ou quantidade de conteúdo. A organização pode ter várias formas: seções, listas, dicas, o que for mais apropriado. O importante é organizar!

Vamos dar uma olhada no post “Ferramentas indispensáveis para produção de conteúdo“.

Para concluir esta etapa, você só precisará estruturar seu post em tópicos. Assim, antes de começar, você saberá quais pontos abranger e a melhor ordem para fazer isso. Para facilitar ainda mais, você também pode baixar e usar nossos modelos gratuitos de posts de blog (em inglês), que já estão organizados em cinco dos tipos de posts mais comuns. É só preencher os campos em branco!

Passo 5 – Escreva!

O próximo passo é escrever o conteúdo de fato. Não poderíamos esquecer isso, claro.

Agora que você tem a sua estrutura em tópicos/modelo, pode começar a preencher as lacunas. Use sua estrutura de tópicos como orientação e não deixe de expandir todos os pontos, conforme o necessário. Escreva sobre o que você já conhece e, se necessário, pesquise mais para ter mais informações, exemplos e dados que confirmem seus argumentos, além de atribuir corretamente as fontes mencionadas.

Não se preocupe com o tamanho do seu post. Como meus professores diziam, “faça o texto do tamanho certo” para que ele seja útil e de qualidade.

Passo 6 – Revise seu post e corrija a formatação.

Você ainda não terminou, mas está quase lá. Revisar é uma parte importante do processo de escrever em blog e não deve ser ignorada. Peça a um colega que saiba gramáticapara revisar seu post. Em seguida, verifique a formatação, prestando atenção nos itens a seguir.

Imagem de destaque

Escolha uma imagem visualmente interessante e relevante para seu post. As redes sociais costumam dar muita importância ao conteúdo com imagem, por isso o aspecto visual é fundamental para o sucesso do seu blog. Além disso, dados mostram que emails com imagens são mais eficientes. Não deixei de incluí-las nos emails enviados aos assinantes do seu blog.

Para obter ajuda para selecionar imagens para seu post, leia “15 sites para encontrar imagens grátis” e preste atenção à seção sobre direitos autorais.

Aparência visual

Ninguém gosta de um post de blog feio. Além de fotos e imagens, a formatação e a organização do post são importantes para torná-lo visualmente interessante.

Em um blog com formatação adequada e visualmente interessante, você percebe que cabeçalhos e subtítulos com estilo consistente são usados para quebrar blocos grandes de texto.

Tópicos/tags

As tags são palavras-chave específicas que descrevem um post. Com elas, os leitores também podem procurar mais conteúdo na mesma categoria do seu blog. Evite adicionar uma lista enorme de tags em cada post. Em vez disso, desenvolva uma estratégia de inserção de tags. Pense nas tags como “tópicos” ou “categorias” e escolha de 10 a 20 tags que representem todos os principais tópicos que você queira abordar no blog. Então, restrinja-se a elas.

Passo 7 – Insira uma chamada para ação (CTA) no fim.

No final de cada post no blog, você deve ter uma CTA que indique o que você quer que o leitor faça depois: assinar seu blog, baixar um ebook, inscrever-se em um webinar ou evento, ler um artigo relacionado e assim por diante. Costuma-se pensar que a CTA é útil para o profissional de marketing. Os leitores leem o post do seu blog, clicam na CTA e você pode gerar um lead. Mas a CTA também é um recurso valioso para quem lê seu conteúdo. Use-a para oferecer mais conteúdo sobre o assunto do post que os visitantes do blog acabaram de ler.

Por exemplo, são apresentadas instruções práticas para os leitores fazerem apresentações de SlideShare nos blogs deles. No final do post, uma CTA encaminha os leitores a baixar um modelo de PowerPoint para apresentações de SlideShare.

Passo 8 – Otimize para o mecanismo de pesquisa na página.

Depois que você terminar de escrever, volte e otimize seu post para pesquisa.

Não fique obcecado sobre quantas palavras-chave incluir. Se houver oportunidades de incorporar as palavras-chave desejadas e isso não afetar a experiência do leitor, faça isso. Se você conseguir encurtar seu URL e torná-lo mais amigável para o uso de palavras-chave, faça isso também. Mas não despeje palavras-chave para conseguir uma quantidade arbitrária delas: o Google é mais esperto que isso!

Metadescrição

Metadescrições são as descrições abaixo do título da página do post nas páginas de resultados de pesquisa do Google. Elas apresentam um resumo do post antes de os leitores clicarem nele. O ideal é que tenham entre 150 e 160 caracteres e comecem com um verbo como “Aprenda”, “Leia” ou “Descubra”. Apesar de as metadescrições não serem mais um fator no algoritmo de classificação de palavras-chave do Google, elas dão ao pesquisador uma ideia do que verão ao ler o post e podem ajudá-lo a melhorar sua taxa de clickthrough a partir da pesquisa.

Título da página e cabeçalhos

A maioria dos software de blogs usa o título do post como o seu título de página, que é o elemento do mecanismo de pesquisa da página mais importante para você. Mas, se você estiver seguindo a nossa fórmula, já deve ter um título de trabalho que naturalmente inclui palavras-chave/frases que podem interessar seu público-alvo. Não complique muito seu título tentando inserir palavras-chave que não sejam naturais a ele. Entretanto, se houver oportunidades claras de adicionar as palavras-chave que você quer ao título e aos cabeçalhos do seu post, faça isso. Além disso, use títulos curtos, de preferência com até 65 caracteres, para não ficarem truncados nos resultados dos mecanismos de pesquisa.

Texto âncora

O texto âncora é a palavra ou as palavras que vinculam a outra página, no seu site ou em outro. Selecione com cautela as palavras-chave que você quer vincular a outras páginas do seu site, pois os mecanismos de pesquisa levam isso em conta ao classificar determinadas palavras-chave da sua página.

Também é importante considerar a quais páginas você quer vincular. Vincule a páginas que você quer que tenha uma boa classificação para essa palavra-chave. No fim, ela pode ser classificada na primeira página de resultados do Google, em vez de na segunda, o que não é pouca coisa.

Otimização para dispositivos móveis

Cada vez mais é fundamental ter um site projetado para dispositivos móveis. De acordo com um relatório do Google, “What Users Want Most From Mobile Sites Today” (O que os usuários mais querem de sites móveis hoje em dia), 74% dos usuários dizem que são mais propensos a retornar a um site no futuro se ele for otimizado para dispositivos móveis. Como resultado de informações desse tipo e outras estatísticas semelhantes, o Google agora está priorizando sites otimizados para dispositivos móveis.

Saiba mais sobre otimização para dispositivos móveis neste guia gratuito sobre marketing para dispositivos móveis.

Passo 9 – Escolha um título atraente.

Por fim, chegou a hora de valorizar o seu título de trabalho. Felizmente, temos uma fórmula simples para escrever títulos atraentes que vão chamar a atenção de seus leitores. Leve em consideração o seguinte:

  • Comece com seu título inicial, ou a ideia inicial.
  • Quando você for revisar seu título, tenha em mente que ele deve ser preciso e claro.
  • Trabalhe para torná-lo interessante, seja por uma linguagem forte, aliterações ou outra tática de escrita.
  • Se puder, otimize para mecanismos de pesquisa inserindo algumas palavras-chave neles (mas só se elas forem naturais!).
  • Finalmente, veja se você pode encurtá-lo. Ninguém gosta de um título longo e cansativo. Lembre-se: o Google prefere até 65 caracteres para não truncar o título em suas páginas de resultados de pesquisa.

Que outras medidas você adota para refinar suas postagens no blog?

Nota do editor: Este post foi publicado originalmente em 2013 em inglês e foi atualizado para aumentar a precisão e a abrangência.

This is author biographical info, that can be used to tell more about you, your iterests, background and experience. You can change it on Admin > Users > Your Profile > Biographical Info page."

BLOG DA CELEIRO

Somos uma empresa de marketing digital com foco em ajudar nossos clientes a alcançar grandes resultados em várias áreas-chave.

Solicite um orçamento

Oferecemos serviços profissionais de SEO que ajudam a aumentar a sua pontuação de sites de busca orgânica drasticamente a fim de concorrer para a mais alta classificação, mesmo quando se trata de palavras-chave altamente competitivos.

Assine a nossa newsletter!

Os campos marcados com um * são obrigatórios.

Mais em nosso blog

Ver todos os posts